• Cards Payment & Identification is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Segurança

O que esperar da segurança de dados da CNH digital

Até fevereiro de 2018, os motoristas brasileiros terão suas carteiras nacionais de habilitação também em seus smartphones. A proposta da chamada Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) foi aprovada pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que definiu para os próximos meses que os departamentos de trânsito de cada Estado comecem a emitir o documento. Mas como realmente a CNH-e funcionará? Como garantir que ela esteja livre de fraude? Ela vai garantir maior segurança em documentos? É o que você vai descobrir no post de hoje! Acompanhe.

A tecnologia que garante a segurança em documentos

A CNH-e terá a mesma validade que o documento impresso (que continuará sendo expedido), e, nesse caso, a autenticidade dela poderá ser comprovada de dois modos:

  • Pela assinatura com certificado digital;
  • Ou pela leitura de um QRCode, que já está disponível nas novas carteiras de habilitação, impressas desde maio de 2017.

Julio Consentino, vice-presidente da Certisign, empresa certificadora e especializada em identificação digital, afirma que essas tecnologias garantem a segurança em documentos e protegem tanto os órgãos reguladores quanto o próprio motorista.

O uso do Certificado Digital ICP-Brasil, que é exigido no pedido on-line, garante a autenticidade e integridade das informações, ficando a CNH digital protegida contra a adulteração, nos casos das carteiras solicitadas pela internet. Já nas que serão solicitadas no Detran por meio do QRCode, a fraude de identidade também é inibida por conta da certificação do emissor, no caso, o Detran”.

Além disso, sempre que o motorista abrir a CNH-e terá que informar uma senha com 4 dígitos. Dessa forma, caso o smartphone seja roubado, por exemplo, o motorista fica protegido contra fraude e roubo de senha, o que poderia gerar muita dor de cabeça. Nesse caso, porém, será preciso bloquear o documento no portal de serviços do Denatran, (se o motorista tiver a certificação digital) ou presencialmente em algum posto do Detran.

Mas e quanto à conexão com a internet? De acordo com informações do Denatran, será necessária a conexão apenas no primeiro acesso. Depois, a CNH digital estará disponível off-line.

Os benefícios da CNH digital

Existem três principais vantagens para que os motoristas utilizem a CNH digital:

  • Comodidade, pois não será preciso ter em mãos o documento impresso;
  • Precaução, pois se você esquecer de portar a sua habilitação ao dirigir comete infração leve, com multa no valor de R$ 88,38 e 3 pontos na carteira, além de o veículo ficar retido até a apresentação do documento;
  • Segurança, pois a tanto a tecnologia QRCode quanto a certificação digital, aliados à senha de 4 dígitos solicitados sempre que o documento precisar ser acessado, impedem todo tipo de fraude – o que pode ocorrer se o documento impresso for roubado.

Como adquirir a CNH-e?

Por enquanto, ainda não há definição se haverá ou não a cobrança de taxa para obter a CNH digital, sendo que caberá aos estados decidirem.

Os interessados que já têm certificação digital poderão solicitar no próprio site do Denatran. Nesse caso, é preciso se cadastrar no site, que enviará um link de ativação do cadastro por e-mail. A ativação do documento deve ser feita no aparelho em que ele será salvo com um PIN – essa senha será exigida todas as vezes em que o acesso for requerido.

Quem já tem o novo modelo de CNH impresso que possui um QRCode, também pode solicitar a versão digital do documento. Nesse caso, o motorista deverá comparecer ao posto do Detran.

Como vimos, a segurança em documentos, que já é comum em empresas de todos os portes e nichos, começa a chegar aos documentos oficiais dos brasileiros. Qual é a sua opinião sobre o assunto? Você acha que a tecnologia utilizada garantirá a proteção contra fraude?

Para ficar por dentro desse e de outros assuntos que envolvem tecnologia e segurança da informação e segurança em documentos, não deixe de acompanhar o blog Cards Payment & Identification!

Crédito imagem: José Cruz/Agência Brasil

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *