• Cards Payment & Identification is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Tendências

Especialista traz tendências e desafios do omni-channel para varejo brasileiro em Congresso da Cards

O atual cenário econômico nacional é complexo. Por isso, sugerir novos investimentos para redes varejistas é um assunto delicado, ainda mais quando o tema omni-channel faz parte da conversa, e mesmo que isso traga vantagens competitivas e mais ou novos consumidores. A prática já acontece no Brasil, porém diariamente surgem tendências e desafios.

Uma das novidades é o geoposicionamento, segundo o presidente do Conselho de E-Commerce da FecomérioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), Pedro Guasti – que apresenta a palestra “E-commerce no Varejo & Inovação” durante o Congresso da Cards Payment & Identification. Basicamente, o cliente ao passar em frente a um shopping onde exista uma loja da rede varejista da qual é cliente pode ser “acionado” com uma promoção instantânea enviada via SMS ou Whatsapp.

Dentro da loja, o consumidor pode ainda receber um mapa virtual da loja com a localização das gôndolas e informações sobre o que há nelas. Caso a rede possua um cadastro de compras desse cliente ele pode ser sensibilizado com ofertas: “no ano passado você comprou uma impressora, que tal levar um cartucho?” exemplifica Guasti. Essa ação obviamente requer investimentos, assim como qualquer outra destinada ao omni-channel, seja disponibilizar um tablet para o vendedor interagir com informações do produto e agilizar a venda ou a estratégia de pick up store, em que o cliente compra on-line e retira na loja física.

Os problemas para implantar omni-channel são tanto organizacionais quanto estruturais

Desafios
“Em algumas empresas falta vontade de acreditar no novo”. Um dos principais entraves para que a rede varejista obtenha sucesso no omni-channel é a falta de visão. Muitos grupos são geridos por pessoas que estão a muito tempo no mercado, apegados apenas no que é feito atualmente e não acreditam nas mudanças do consumidor e consequentemente não investem em inovação. Porém, Guasti alerta que há uma tendência do mercado forçar essas empresas a se adaptarem.

Há casos de companhias onde falta alinhamento interno para evitar brigas internas entre o departamento comercial on-line e off-line. “Quem não resolve isso, não desenvolve, nem cresce”.

No Brasil, ainda há locais em que a banda larga é cara e de qualidade questionável, o que gera dificuldades para quem deseja implantar e-commerce. Certifique-se de estar, possivelmente, bem localizado e de conseguir serviços adequados à suas necessidades.

Preciso ter o mesmo preço na loja física, Facebook, Instagram e loja virtual? “Não há obrigação de ter a mesma estratégia para canais diferentes”, sentencia o presidente do Conselho de E-Commerce da FecomércioSP.

tendências e-commerce

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *