Tendências

Como usar chatbot para pagamentos ao processar vendas

Provavelmente você já deve ter se deparado com um assistente virtual em determinados sites, principalmente e-commerces. De fato, a Inteligência Artificial (IA) que está por trás dos bots (robôs) vem transformando a maneira como interagimos na internet e nesse sentido, o uso de chatbots para pagamentos e processamento de vendas também tem aumentado.

Mas você sabe exatamente como funciona um chatbot e como ele pode ser implementado nos diversos segmentos de e-commerces? Vamos entender melhor no post de hoje.

Para isso, contamos com a ajuda de Yamile Sánchez, Content Marketing Manager da Aivo, empresa argentina de soluções de atendimento online que desembarcou no Brasil em 2016.

O que são chatbots?

Ao contrário do que muita gente pensa, um bot não é apenas um simples robô à procura de palavras-chave e que interpreta um comando para apresentar uma resposta.

“Um bot é muito mais que isso e contempla vários aspectos. É uma solução de software cuja principal função é atender e resolver, da forma mais eficiente possível, as consultas, necessidades e intenções das pessoas em todos os canais digitais, de maneira automática e mantendo uma conversa natural”, explica Yamile.

Uma das soluções da Aivo, por exemplo, é o assistente virtual chamado AgentBot, que permite interagir com os usuários em todos os canais digitais. A Inteligência Artificial desse chatbot consegue reconhecer, interpretar e responder as perguntas dos clientes, gerando modelos de relações parecidas com a interação entre humanos.

“O AgentBot utiliza redes neurais para compreender a intenção do usuário, avaliando a importância de cada palavra, seu significado e busca, assim, a melhor solução para a solicitação do cliente”, afirma.

Segundo Yamile, o chatbot utiliza a tecnologia de aprendizagem automática (Machine Learning). Isso significa que o bot aprende a cada nova interação com os usuários: novas palavras, significados, formas de perguntar e até regionalismos.

“Ele também utiliza essas técnicas de aprendizado para identificar o que a empresa deveria modificar ou agregar para melhorar a experiência dos clientes todos os dias”, complementa.

A utilização de chatbot para pagamentos

Entendido como se dá essa interação entre os robôs e os clientes, como funciona um chatbot para pagamentos de vendas? Será que a empresa ganha com a utilização de chatbot para pagamentos?

Assistentes virtuais bem-sucedidos e eficazes não só podem fornecer informações para responder a consultas de usuários, mas para serem verdadeiramente resolvidos, eles devem ser capazes de realizar transações. Em setores como o comércio eletrônico, as telecomunicações, o financeiro e mesmo nos serviços públicos, ele sempre exige alguma ação que peça dados do cliente para poder fazer alguma transação”, afirma Yamile.

Segundo a content manager da Aivo, para fazer pagamentos ou contas associadas ao débito, por exemplo, um assistente virtual pode ser integrado aos sistemas internos de uma empresa, adaptando-se aos fluxos existentes, para poder usar informações e dados da empresa fornecidos pelo cliente e fazer uma operação.

Mas como adaptar a empresa para o uso de chatbot para pagamentos? Para yamile, essa transformação não exige mudanças na infraestrutura da empresa ou grandes adaptações.

“Isso porque uma das virtudes do assistente é precisamente a capacidade de integração que possui, além de funcionar como SaaS. Se a empresa tiver serviços web e a documentação apropriada, podemos dizer que tudo é possível. Em seguida, qualquer sistema, próprio ou terceiro, pode ser integrado para usar o assistente virtual como o único lugar onde um cliente pode resolver todas as suas necessidades”, explica.

Nesse caso, como a empresa já tem uma ligação com uma entidade financeira ou bancária para o processamento das vendas, o chatbot usará esse acordo já existente para efetuar os pagamentos de forma integrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *